SESSÃO PHILOS

Circuito Estação NET de Cinema e Philos TV apresentam SESSÃO PHILOS
com exibição de E A MULHER CRIOU HOLLYWOOD, de Clara Kuperberg  Julia Kuperberg


Após a sessão, bate papo com o crítico de cinema Carlos Alberto Mattos e a cientista social Samantha Brasil

Terça 21 de março, às 21h, no Estação NET Rio 5

Entrada gratuita, com retirada de senhas na bilheteria uma hora antes da sessão.




O protagonismo feminino nos bastidores de Hollywood, no filme E a Mulher criou Hollywood o encontro da Nouvelle Vague com o mestre do suspense britânico, no filme Hitchcock e Truffaut arte de rua ácida e bem-humorada em Nova York, no filme Banksy Ocupa Nova York a vida surrealista e revolucionária no México, no filme Vida E Obra De Frida Kahlo

A Sessão Philos vai exibir 4 documentários do acervo do canal em uma das salas do Circuito Estação NET de Cinema.  Sempre na terça terça de cada mês, com entrada gratuita e em uma das salas do circuito.

A primeira acontece na próxima terça 21 de março, com exibição do filme E A MULHER CRIOU HOLLYWOOD, de Clara Kuperberg e Julia Kuperberg

Após a sessão, bate papo com o crítico de cinema e escritor Carlos Alberto Mattos e com a cientista social Samantha Brasil:


Terça, 21 de março, Estação NET Rio 5:

E a mulher criou Hollywood  

(Et La femme créa Hollywood) de Clara Kuperberg  Julia Kuperberg  
 10 anos / França  2015   |  52 min.  
O primeiro filme colorido foi produzido por Lois Weber. Frances Marion escreveu roteiros para a estrela de Hollywood Mary Pickford e ganhou dois Oscar na categoria. Dorothy Arzner, por sua vez, foi a diretora mais poderosa da indústria cinematográfica americana. Mesmo pouco representadas, as mulheres foram muitas vezes protagonistas nos bastidores de Hollywood.   
 
após a sessão, bate papo com a cientista social Samantha Brasil e o crítico de cinema Carlos Alberto Mattos:

Samantha Brasil é Cientista Social, Curadora do Cineclube Delas, Fundadora das Elviras - Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema, Integrante do Podcast Feito por Elas.

Carlos Alberto Mattos é jornalista, escritor, pesquisador e crítico de cinema. Atualmente, mantém o blog Rastros de Carmattos:  https://carmattos.com/ e o livro Cinema de Fato - Anotações sobre documentário é seu mais recente obra publicada.



PRÓXIMAS SESSÕES

Sessão Philos nº2
Terça, 18 de abril, Estação NET Botafogo 1
Hitchcock e Truffaut, de Kent Jones
  Livre  2015   |  79 min.    | Estados Unidos   
 
Em 1962, Alfred Hitchcock e François Truffaut se trancaram em uma pequena sala no estúdio da Universal para uma maratona de entrevistas. O resultado na época foi o lançamento de um livro emblemático,   e agora, um documentário homônimo. A produção alcança o nirvana de um cinéfilo não só devido a seus dois participantes, mas também às contribuições de David Fincher, Martin Scorsese e Wes Anderson.  
 
***

Sessão Philos nº3
Terça, 16 de maio, Estação NET Rio 5
Banksy Ocupa Nova York, de Chris Moukarbel
 Livre  2014   |  80 min.    | Estados Unidos  
 
Em 2013, o artista de rua britânico Banksy anunciou que passaria um mês em Nova York. Sob o lema "31 obras de arte em 31 dias", o misterioso artista trabalha com grafite stencil, escultura, vídeo e performance para expor temas polêmicos como a guerra no Iraque e a hipocrisia do mundo da arte moderna.   
 
***

Sessão Philos nº4
Terça, 20 de junho, Estação NET Ipanema
Vida E Obra De Frida Kahlo, de Amy Stechler

12 anos  2010   |  85 min.    | Estados Unidos     

O doc explora a vida de um dos grandes ícones do século XX, a artista mexicana Frida Kahlo. Revolucionária, inovou no mundo da arte, política e foi um grande nome do feminismo. Para contar sua história, o doc utiliza 5 de suas mais famosas pinturas.